A ideia de criar um produto de Josie Picanço

Quero compartilhar com você uma história que aconteceu na época da fundação da empresa de software da qual sou sócia, há cerca de 20 anos.

Você já passou por uma situação onde tinha uma oportunidade, mas que parecia inatingível? Às vezes, as coisas tomam uma proporção inesperada e acontecem de uma forma muito melhor do que possamos imaginar.

Na época, eu e meus sócios éramos todos funcionários de uma empresa. Já́ sabíamos que íamos ser todos terceirizados, pois a área de tecnologia, na qual trabalhávamos, estava indo para outra cidade. E estava tudo incerto em nossas vidas.

Edital de inovação

Foi quando soubemos do lançamento de um edital de inovação em nosso estado, que proveria bolsas e incentivos para novos softwares.

Eu tinha uma ideia de criar um produto para dar mais agilidade ao desenvolvimento de sistemas, baseado na minha experiência profissional.

Um de meus sócios também tinha uma ideia, um software relacionado a geração e armazenamento de relatórios.

Mas… como fazer? Não tínhamos registrado a empresa, minha cabeça estava em turbilhão com todas as mudanças, nunca havia escrito projeto para um edital, isso era completamente novo para mim.

Mas era uma oportunidade no momento certo, que poderia ajudar a nossa empresa que estava nascendo ali.

Meu sócio começou a montar o projeto dele e me mostrou. Ele ia submeter em parceria com a empresa de um irmão. Mas eu, nada… Faltavam cerca de quinze dias para o prazo final de entrega e eu não tinha uma empresa, nem sequer escrito uma linha…

Mas não dava para perder a chance. Foi quando lembrei de um tio, que era dono de uma empresa de informática e poderia me ajudar, submetendo o projeto em parceria. Falei com ele, que se colocou totalmente aberto, preparamos todas as documentações necessárias da empresa e eu virei noites escrevendo o projeto inteiro.

A entrega do projeto

No último dia do prazo de submissão, entregamos os dois projetos, o meu e o de meu sócio. Foi uma sensação maravilhosa, só o fato de ter conseguido entregar, ter feito aquilo acontecer contra todas as possibilidades.

E o melhor veio depois. Quando saiu o resultado. E você já deve saber qual foi, não é? O meu projeto foi aprovado!!!

Só para você ter uma ideia de como isso fez diferença no começo da empresa:

Recebemos duas bolsas e contratamos nosso primeiro desenvolvedor e uma secretária, ganhamos um computador, participamos de uma feira em São Paulo, onde lançamos o produto incentivado e outros softwares que desenvolvemos no primeiro ano, inclusive um deles que evoluiu e se transformou em nosso principal produto na empresa.

Além disso, a partir desse projeto começamos a participar em associações, ter contato com outros empresários, expor em eventos nacionais e internacionais e muito mais. As portas se abriram numa proporção que nem imaginávamos.

Acreditar no espirito empreendedor

O que aconteceu naquele momento foi um grande impulso em meu espírito empreendedor e ajudou a construir o que sou hoje.

Enfim, a demissão na empresa onde trabalhava foi uma mudança difícil que poderia ter me colocado para baixo, mas ao invés disso foi algo que me fez olhar o mundo de forma diferente e tomar decisões que mudaram minha vida para muito melhor. E não só a minha, mas de várias pessoas ao meu redor.

São em momentos de decisão como esse que criamos o nosso destino.E você, tem uma situação de desafio e superação que gostaria de compartilhar?

Estou em busca de mulheres que desejam se superar, para compartilharmos nossas trajetórias e juntas construirmos um mundo cada vez melhor.

Um beijo e espero por você.

 

Apoio: